Estamos á Sua Espera

Estamos á Sua Espera
a

Pratos típicos de Lisboa? São os petiscos!



Lição número um sobre a comida na capital: os petiscos.
Atenção que não é o mesmo que tapas - uma expressão espanhola, e não portuguesa.

Os portugueses têm muito orgulho por possuir petiscos apetitosos, porque a comida é acerca das pessoas - o tipo de experiência que inclui lamber dedos, refrescar a alma com cerveja, provar vinhos e conviver até dizer chega.

Para comer, basicamente é preciso as mãos, um garfo para as confecções com molho, e claro, o pão para transportar ingredientes, ou ensopar condimentos.

O pão acompanha sempre tudo, é assim que os portugueses gostam!




CARACÓIS



Os caracóis de Lisboa são, sem dúvida, algo a provar. Encontrará doses de diversos tamanhos em várias petisqueiras, pequenos restaurantes familiares e alguns cafés por um preço razoável.



PIPIS



Miúdos de galinha estufados num molho rico de tomate, cebola e alho.


ISCAS


fígado de porco salteado com alho e vinho branco denominado “Iscas com elas”, por vezes encontra uma versão com cebolada. Geralmente servido com batata frita ou cozida.



FAVAS



quando chega a época da fava, basta uma tigela desta iguaria simplesmente guisada para saber bem. Sejam elas cozidas a sós, ou enriquecidas com rodelas de chouriço e outras carnes, é uma delícia. É de destacar a sopa de fava rica, que faz parte da identidade culinária de Lisboa.


PEIXINHOS DA HORTA


um petisco vegetariano, nada mais nada menos que feijão verde panado e frito. O nome diz tudo – um “faz de conta que vamos comer peixe” diretamente da horta de quem não tinha dinheiro para comprar peixe fresco.


OVOS VERDES



 ovos cozidos, cortados ao meio, recheados, panados e fritos. A receita tradicional consiste na gema emulsionada com azeite, vinagre, temperos e salsa.


SARDINHAS



a partir de Junho é a altura ideal para saboreá-las. É a altura delas, não por crescer em árvores, mas por chegarem à nossa costa bem gordas e, por consequência, mais saborosas. Não há ciência nenhuma em suceder numa bela sardinhada - basta uma boa brasa, sardinhas frescas, sal grosso e algo para beber enquanto os aromas suculentos espalham-se pelo ar.






Fonte : https://www.tasteoflisboa.com

Share on Google Plus

About Celina Tours